capa ost

Trilhas Sonoras – Akame Ga kill

RESENHA MORTÍFERA!

AKAME GA KILL

capa ost

-Autor: Takahiro
-Diretor: Tomoki Kobayashi
-Produção: Square Enix
-Estúdio: White Fox
-Exibição Original: 06 de Julho de 2014 – 14 de Dezembro de 2014.
-Exibição Brasileira: Não exibido no Brasil.
-Emissora Original: Tokyo MX, MBS, BS11, AT-X
-Emissora Brasileira: Não tem.
-Temporadas: 1 temporada.
-Arcos Abordados: Temporada completa.
Episódios: 24.
-Duração: 24 Minutos.
-Gênero: Gore, Terror, Drama, Suspense, Ação, Luta, Fantasia.
-Público Alvo: Seinen.

Poeira nos olhos, Sol escaldante e véus por sobre as vistas

Então chega a hora de falar xingar a trilha sonora de um dos animes mais falados de 2014. Não tem muito o que falar dessa OST que considero e como.

aPlxXSl

A primeira abertura está bem ao estilo shonen, um j-rock que nem parece j-rock, tá muito metaleira pro meu gosto, e acredite, foi isso que me atraiu nela. É algo bem básico, mostra os personagens ao som de “Skyreach” de “Sora Amamyia”. Recomendo pra quem gosta do estilo, porém na minha opinião não combinou tanto assim com a trilha do anime, que é algo folclórico e misterioso. Não que seja algo que atrapalhe. É uma daquelas aberturas que você faz questão de assistir toda vez quando vai ao próximo episódio.

1404748977_328a1d6b1eda639815e8d46fc03cf889

A segunda abertura “Liar Mask” de “Rika Miyama” me lembra muito Rapsody of Fire… sim, é isso mesmo. Riffs rápidos, não ultra rápidos, mas no limite do apreciável. A música mistura metal “dã” com uma melodia muito variável e vocal muito bem trabalhado, exatamente como a espetacular banda dos dragões que eu citei à cima. Muito boa também.

NyJMfaF

Ah que delícia cara! O melhor momento agora é falar sobre a trilha sonora em si. Pra mim foi uma das melhores que eu já vi até hoje. Tudo o que eu posso dizer é que a ambientação é simples, e quase tudo feito com vozes e instrumentos acústicos, o que deixa bem original e memorável. Eu destaco aqui a música “Le chant de Roma” ou “Fallen Heroes” pois foi a primeira vez que ouvi um zaghareeth bem usado em um anime e muito bem usado.

Zaghareet by Tar-Elestirne
LA LA LA LA LA LA LA LA LA LA REY! Zaghareet by Tar-Elestirne on Deviantart

Praticamente quase toda a trilha faz referência à musica do oriente médio, tanto nos instrumentos como nos vocais, que são bem raros mas nem por isso menos marcantes.

adfad
Oded Fehr comparado com o “estágio final” de Akame, vejam que o filme da Múmia é de 1999

Vez ou outra vemos música eletrônica ou metal/rock. Nos momentos mais tristes é comum ouvirmos violinos e pianos.

kil ga

O primeiro encerramento “Konna Sekai, Shiritakunakatta” de “Miku Sawai” é bem melancólica e parece mostrar o lado triste de se conviver com a morte. Ela é bem lenta e intimista. Nem preciso falar das imagens, elas falam por si só.

532683566_640

O segundo encerramento “Tsuki Akari” de “Sora Amamiya” é praticamente a mesma coisa.

kurome-akame-ga-kill-ed

Nesse caso fica claro que o ponto central é a relação conturbada entre Akame e sua irmã.

Para finalizar digo que  Akame ga Kill possui uma das melhores trilhas sonoras que já ouvi (sim, eu jah disse isso) e que Taku Iwasaki, o compositor já teve trabalhos em animes de calibre grosso como Gurren Lagann, Jormungand, Soul Eater, Noragami entre outros que nem caberiam aqui.

É isso aí, eu deixo com vocês o link para ouvir a OST completa de Akame Ga Kill, e cuidado com a cabeça. Até mais ver, jovens!

 

Equipe da Publicação:

Autoria: Jeff Capizani
Direção: Lucas M. Rodrigues.
Edição: Jeferson Capizani.                                                                                 Roteiro: Jeff Capizani
Diagramação: Jeferson Capizani.
Redação: Lucas M. Rodrigues e Jeferson Capizani.
Produção: Lucas M. Rodrigues, Carlos A. Oyama e Jeferson Capizani.
Publicidade: Lucas M. Rodrigues.

 

Leave a Reply