capa projeto

Resenha RM#55

RESENHA MORTIFERA!

Mangaka-san to Assistant-san to (Anime)

 photo capa projeto_zpsiw1utev0.jpg

-Autor: Hiroyuki.
-Diretor: Não consta.
-Editora Original: Square Enix, Young Gangan e Shonen Gangan.
-Editora Brasileira: Sem.
-Estúdio: Square Enix.
-Exibição Original: Não consta.
-Exibição Brasileira: Não exibido no Brasil.
-Emissora Original: Não consta.
-Emissora Brasileira: Não tem.
-Temporadas: 1 temporada.
-Arcos Abordados: Temporada completa.
Episódios: 12.
-Duração: 12 Minutos.
-Gênero:  Comédia.
-Público Alvo: Seinen

Sem medo de ser o que é

Olá jovens, como vão vocês? Cá estou eu trazendo mais uma review de anime pra vocês, e a vítima de hoje é Mangaka-san to Assistant-san to!

 photo wpid-mangakasan_to_assistantsan_to_02_02_zpsbi4mx92x.jpg

Sim senhores, um dos anime mais pervertidamente corretos da história está no RM para mostrar que não tem vergonha de ser o que é.

Mas  vale a pena ver? Pra quem? Confiram AGORA!

 photo Mangaka-santoAssistant-san3_zps2qjpz27e.jpg

Basicamente, pessoas, acompanhamos Aito Yuki e sua assistente de trabalho, Ashisu Sahoto. Aito é um mangaká muito dedicado ao trabalho e sua assistente é responsável por boa parte de seu sucesso. Contudo, Aito possui um problema, ou quase isso, que lhe serve de inspiração para seus mangás. Basicamente, “calcinhas”. Sim, isso mesmo que você leu. Aito é um total, completo, de carteirinha, tarado.

 photo mangaka-san_to_assistant-san_to_the_animation-60900_zps7lnurdp1.jpg

Maganka-san não tem nada de complicado. Na verdade eu diria até que uma das suas maiores qualidades é ser simples, extremamente rápido e direto. E não estou brincando, cada episódio tem no máximo metade do tamanho de um episódio normal, e isso ajuda muito a dar dinamismo e tornar o ritmo mais veloz. Se os episódios fossem mais longos eu tenho certeza que a comédia ia começar a parar de funcionar cada vez mais cedo.

 photo Mangaka-san-to-assistant-san-to-OAV-1_zpstb2ljwhn.jpg

Os personagens são os grandes trunfos do anime. Além de Aito, Ashisu é uma personagem marcante, que vive com seu chefe tarado e ela o arrebenta de porrada diariamente. Uma legítima relação de amor, claro. Outras personagens entram em cena, fazendo parecer  que Mangaka-san vai se tornar um grande harém. Chega perto, mas a veia cômica do anime é tão forte que quase impede que isso se desenvolva de maneira séria. Ainda bem, se fosse sério o anime perderia no mínimo muito, muito carisma.

 photo MStAst_zpsjnkeol0i.jpg

O humor e o time cômico de Mangaka-san é genial. As piadas não são das mais inteligentes, o foco do anime está em “pornochanchadas”, num humor um tanto escrachado mas que não chega necessariamente a ser humor negro, como em “Yondemasuyo Azazel-san” e “Detroit Metal City” por exemplo.

 photo yKbt7FZ_zpsnhx6ip1u.jpg

A animação de Mangaka-sam é simples e bonita, pessoalmente eu não vi nada de estranho, a produção foi boa, e o design dos personagens é visualmente bastante genérico. O que mais diferencia um do outro é o corte de cabelo. Veja bem. A trilha sonora nem tem muito o que dizer, não é aquela coisa épica super poderosa, mas é bacana, divertida e combina com a atmosfera leve e engraçada do anime.

Mangaka-san é um anime curioso. Seguindo algumas idéias comuns em animes de comédia non sense, ele é muito rápido de assistir, leve, com um ótimo humor e uma capacidade de te fazer sentir vergonha alheia de uma forma tão profunda quanto o poço da Samara.

 photo 140446208276_zpsmgbwkoz5.jpg

Esse humor cheio de piadinhas e uma atmosfera leve tornam o anime agradável de assistir e bastante engraçado. Explorar o cotidiano de um mangaká, geralmente tido com algo extremamente maçante e pesado  de maneira tão maluca caiu como uma luva pra Mangaka-san. É óbvio também que se você não curte esse tipo de comédia você vai achar um tremendo saco, ou no mínimo, um tempo perdido. Mas se você se dá um chancezinha de rir de uma zoeira básica, a diversão com Mangaka-san é garantida do começo ao fim.

Recomendo.

Só aqui, no Blog RM!

Grande Abraço!

Lucas M. Rodrigues, LMR, Co-Fundador e “Pantsu is Life”.

– Opening (Abertura): Sem Créditos (Versão Anime) – Sem Créditos:

-Ending 1 (Encerramento): Sem Créditos (Versão Anime) – Sem Créditos:

-Ending 2 (Encerramento): Sem Créditos (Versão Anime) – Sem Créditos:

Equipe da Publicação:

Autoria: Lucas M. Rodrigues.
Direção: Lucas M. Rodrigues.
Edição: Jeferson Capizani.

Roteiro: Lucas M. Rodrigues
Diagramação: Jeferson Capizani.
Redação: Lucas M. Rodrigues e Jeferson Capizani.
Produção: Lucas M. Rodrigues, Carlos A. Oyama e Jeferson Capizani.
Publicidade: Lucas M. Rodrigues.

Leave a Reply