gunslinger-girl-il-teatrino-9

Resenha RM#44 – Gunslinger Girl 2ª Temporada

RESENHA MORTIFERA!

Gunslinger Girl II Teatrino

(Gunslinger Girl II Teatrino)

 photo gunslinger-girl-il-teatrino-9_zps78eba559.jpg

-Autor: Yu Aida.
-Diretor: Rei Mano.
-Editora Original: ASCII Media Works, Dengeki Daioh.
-Editora Brasileira: Sem.
-Estúdio: Artland.
-Exibição Original: 07 de Janeiro de 2008 – 31 de Março de 2008.
-Exibição Brasileira: Não exibido no Brasil.
-Emissora Original: Fuji Tv.
-Emissora Brasileira: Não tem.
-Temporadas: 2.
-Arcos Abordados: 2ª Temporada.
-Episódios: 13.
-Duração: 24 Minutos.
-Gênero: Ação, Drama, Ficção.
-Público Alvo: Shonen/Seinen.

 photo GunslingerGirl-IlTeatrino-03-Large19_zpsa95ab0d9.jpg

Opa, agora sim! (Ou não..)

Olá pessoas, como estão? Pois é pois é pois é, estamos aqui novamente com mais uma semana de reviews! E hoje trouxemos pra vocês a segunda temporada de GUNSLINGER GIRL! Sim sim salamim, as minazinhas com armas gigantes estão de volta, com ainda mais máfia, corrupção, intrigas políticas e… e… um vilão aí.

 photo eGFkODF1MTI_o_gunslinger-girl-il-teatrino-distance-between-two-brother_zps92628434.jpg

 

Vamos começar, como sempre, pelo enredo. Gunslinger Girl Il Teatrino é a segunda temporada de Gunslinger Girl, e traz uma história completamente diferente de tudo o que havíamos visto antes. “Ah Lucas, então deve ter ficado muito foda, nem precisava fazer review né?” É…maaaais ou meeeeenos. Na boa jovens, Gunslinger está muito melhor, a história está muito mais interessante, até os personagens ganham mais um ar de carisma e a forma como a história é contada mudou também.

 photo 01706cdf_zpsh1zr6ulp.gif

Os acontecimentos agora tem alguma consequência, mas ainda assim fica fraca. “Oshe Lucas, tu falou que tinha ficado melhor e agora ta falando mal?” Entendam o seguinte, melhorou sim, mas ainda continua medíocre, entenderam?  Não percebi buracos no enredo mas uma coisa ainda é muito certa, o cansaço vai te pegar, Gunslinger ainda tem muitas dificuldades em fazer o expectador ficar interessado por muito tempo, uma por causa da lerdeza de muitos trechos e outra por causa da dificuldade em criar um clima bacana de tensão.

 photo gunslinger_girl_2_5_zpsa373d675.jpg

Uma coisa que eu sempre digo em animes que tratam de organizações criminosas, máfias e afins é a que apesar de clichê, se for bem usado o recurso do vilão ajuda a dar um norte pra história, certo? Lembram, eu disse isso em Jormungand, disse isso em Black Lagoon e trago outra vez pra cá, mais uma vez em Gunslinger Girl.

 photo gunslinger20girl2020il2vh7_zpsdfffa13e.jpg

Agora finalmente temos um vilão! Uhuu! Sim, o nome dele é Pinocchio, e o nome dele tem um simbolismo, não foi por acaso não. Mas é claro que apesar da tentativa de dar um carisma, uma profundidade pro personagem, ainda não foi suficiente, e Pinocchio, que tinha muito potencial pra alavancar e aumentar a força do anime no final não foi mais do que um vilãozinho de meia tigela. O bom disso tudo é que com a aparição dele tudo se concentrou numa coisa só, o foco ficou muito melhor e a gente consegue acompanhar tudo o que acontece com mais facilidade.

 photo S2_Opening_Credits_zps5a49ae01.jpg

Henrietta, Triela, Giuse e as outras garotas treinadas para matar estão de volta, muito mais “kawaii” do que nunca, e pela primeira vez em Gunslinger estes personagens são explorados de uma maneira mais inteligente do que simplesmente dizer “ah, são máquinas de assassinato”, o que acontecia na temporada anterior.

Agora tanto elas quanto Pinocchio são mostrados como humanos falhos, com sentimentos, emoções e razões para fazer as atrocidades que fazem, a mando de alguém ou por tentarem arranjar um motivo pra continuarem vivendo. Isso nunca tinha acontecido, e eu gostei muito dessa coisa de mostrar os dois lados da moeda, não existe bem ou mal, só pessoas de lados diferentes.

 photo S2E12-01_zpsba995d91.jpg

O design cara, nossa como mudou, a mudança foi brutal, tanto pela época quanto pela mudança de estúdio,  a primeira temporada foi feita com o estúdio Madhouse e a segunda com o estúdio Artland. Tudo parece mais “bonitinho” no anime, o traço está radicalmente diferente, e aumentou assustadoramente a “fofice” das personagens, dando a entender alguma tendência pra ecchi e um moe, ou algo do tipo. Sorte que isso não aconteceu, pelo menos com o ecchi, se não iria cagalhar tudo.

 photo 20080327_zps0a71cda3.jpg

A trilha sonora melhorou inacreditavelmente, cara, a mudança foi muito boa, tantos as trilhas de abertura e encerramento quanto as próprias faixas da OST melhoraram.

Mas então, e aí, vale a pena assistir Gunslinger Girl Il Teatrino? Cara, vamos pensar friamente.

 photo ep_9_014_zps038f86df.jpg

Tudo está melhor, a música, o design, tudo, o anime se tornou as mil maravilhas né não? Não. Como eu comentei lá no começo da review, Gunslinger ainda teria de melhorar muito pra conseguir ser mais do que só um anime.

As personagens, cara, são tudo pra Gunslinger, tudo mesmo, sem as meninas nada teria graça nele, e os relacionamentos, essa coisa de explorar a humanidade nelas foi uma ótima escolha, mas ainda assim é um anime que não empolga, a ação dele apesar de ter melhorado ainda continua fraquíssima, o final até que foi bom pra falar a verdade, mas não foi suficiente.  Então jovens, assistam, eu recomendo como experiência, coisa de opinião mesmo, é um anime diferente mas que ainda está longe de conseguir usar todo o seu potencial.

 photo S2E10-03_zps10be37a3.jpg

 

Só aqui, no Blog RM!

Grande Abraço!

Lucas M. Rodrigues, LMR, Co-Fundador.

– Opening (Abertura): Tatta Hitotsu no Omoi (Versão Anime) –KOKIA:

 

-Ending (Encerramento): Doll (Versão Anime) – Lia & Aoi Tada:

 

Equipe da Publicação:

Autoria: Lucas M. Rodrigues.
Direção: Lucas M. Rodrigues.
Edição: Jeferson Capizani.
Revisão: Carlos A. Oyama.
Tradução: Julio I. Arrivabene.
Roteiro: Lucas M. Rodrigues
Diagramação: Jeferson Capizani.
Redação: Lucas M. Rodrigues e Jeferson Capizani.
Produção: Lucas M. Rodrigues, Carlos A. Oyama e Jeferson Capizani.
Publicidade: Lucas M. Rodrigues.
Colaboração: Julio I. Arrivabene.

 

Leave a Reply