Resenha RM#30 - Rozen Maiden 3ª Temporada

Resenha RM#30 – Rozen Maiden 3ª Temporada

RESENHA MORTIFERA!

Rozen Maiden Zuruckspulen

(Rozen Meiden – Anime 3ª Temporada)

 photo ResenhaRM30-RozenMaiden3ordfTemporada_zps684f85b4.jpg

-Autor: PEACH-PIT.
-Diretor: Mamoru  Hatekayama.
-Editora Original: Monthly Comic Birz.
-Editora Brasileira: Sem.
-Estúdio: Nomad.
-Exibição Original: 04 de Julho de 2013 – 26 de Setembro de 2013.
-Exibição Brasileira: Não exibido no Brasil.
-Emissora Original: TBS, BS-i.
-Emissora Brasileira: Não tem.
-Temporadas: 3 Temporadas.
-Arcos Abordados: 3ª Temporada.
-Episódios: 13.
-Duração: 24 Minutos.
-Gênero: Ação, Aventura, Suspense, Drama, Comédia.
-Público Alvo: Josei.

Mais sombrio e mais confuso

Yo! E aí jovens, de boa? Aqui é o Lucas novamente e hoje trago pra vocês uma resenha completa de continuação da nossa série de resenhas de Rozen Maiden, fiquem aí com a 3ª TEMPORADA!

Jovens, depois da fodice da 2ª temporada, o que esperar? Bem, digo a vocês que eu estava curioso, muito curioso. Mar vamo pra resenha logo.

O Enredo da 3ª Temporada de Rozen Maiden é sem dúvida alguma o mais complexo e disparado o mais confuso, a sua história gira em torno de um futuro “onde Jun não girou a chave de Shinku”, ou seja, nosso protagonista sequer deu vida à boneca.

 photo RozenMaidenIII-JuneShinku_zps1714e71e.jpg

Eu vou precisar fazer só um esclarecimento aqui pra deixar tudo no jeito pra explicar a resenha, beleza? Certo, Rozen Maiden Zuruckpule (eu gaguejei um zilhão de vezes até falar mais ou menos certo) NÃO é uma continuação direta.

 photo RozenMaidenIII-Garota1_zps72812d12.jpg

Sim, isso mesmo, e digo ainda mais, além de não ser uma sequência não é um remake ou um reboot da série, é uma história paralela aparentemente sem nenhuma relação com as temporadas anteriores, mas que ainda é influenciada pelos acontecimentos passados. Deixar isso claro é importante pra entender o que eu vou dizer sobre esta 3ª temporada.

 photo RozenMaidenIII-Shinku_zpsd5136675.jpg

Como eu disse, o enredo é confuso, e não só confuso mas também sem explicações e que não mostra nenhuma ligação clara com qualquer outro acontecimento que tenha ocorrido, mesmo que ainda cite várias coisas que aconteceram nas temporadas passadas. Podemos dizer que a história é uma linha do tempo própria, onde os acontecimentos realmente ocorreram, mas de uma forma diferente.

 photo RozenMaidenIII-Jun3_zps54f066d3.jpg

A narrativa é um caso à parte, ela é aparentemente toda bugada, zuada e sem nexo algum, mas isso acontece por influência do enredo que já é bem complicado. Aliás, a narrativa faz uma coisa que esteve presente na 1ª temporada, só que agora é levado a um extremo tão ridículo que chega realmente a encher o saco: A impressionante capacidade de dispersar bons momentos.

É inacreditável, o primeiro episódio é absurdamente rápido, tanto que a gente nem entende o que está acontecendo, e depois dele tudo se torna tão lento mas tão lento que enjoa.

 photo RozenMaidenIII-Junnotrabalho_zps89f20950.jpg

Pra vocês terem uma idéia, cada episódio parece durar pelo menos o dobro de tempo que realmente tem de tão lerda que a narrativa é, cansa, é chata e às vezes bate um sono nervoso. Pra não dizer que sou só um rebelde sem causa, Rozen Maden ainda consegue num oceano quase interminável de cagadas fazer algumas coisas boas.

 photo RozenMaidenIII-Jun2_zpsd1d83bc3.jpg

A idéia de Jun estar mais velho nos dá uma perspectiva totalmente diferente de sua vida de trabalhador, e a  viagem no tempo ou ligação dele mais velho com o passado nos coloca numa situação em que tudo fica mais amplo, a nossa visão realmente fica mais completa se formos comparar com a temporada anterior.

 photo RozenMaidenIII-SuigintoueMegu_zps81b00d97.jpg

Os personagens continuam bastante carismáticos, cada um do seu jeito particular, Shinku, Souseiseki, Suiseiseki e Hinaichigo tem papeis muito diferentes tanto entre si quanto em relação às temporadas anteriores.

Muitos outros aspectos mudaram muito também. A atmosfera do anime é indescritivelmente diferente de qualquer outra em qualquer momento, é muito mais densa, muito mais pesada e em muitas situações chega a ser assustadoramente mórbida cara, é como se você pegasse um filme de terror e jogasse ali no meio, isso em parte se dá pelas alucinações e brisadas psicológicas que o anime colocou pra aprofundar ainda mais os personagens.

 photo RozenMaidenIII-SuiseisekieSouseiseki_zpsc0a29abe.jpg

A trilha sonora permanece no mesmo naipe das temporadas passadas, a sua identidade permanece a mesma, a animação melhorou consideravelmente e o design mudou muito, cara, ficou muito mais limpo e muitos dos detalhes do traço anterior foram tirados. Se você curtia é capaz que agora você passe por um certo choque, mas fica sussa que é coisa leve, acostuma.

 photo RozenMaidenIII-Suigintou_zps388a9f8e.jpg

Rozen Maiden bateu com certeza um novo recorde de drama, o nível de conflito entre personagens é muito grande, mas a forma como o anime conta a história, a própria história e a bagunça que é entender o que está acontecendo prejudica e muito para quem assiste sentir e se importar com as coisas, muitas delas acabam passando batido.

É triste ver isso acontecendo cara, chega uma hora em que você liga o xodasse de tão puto que você está com o anime, mas mesmo assim você consegue relevar e perceber que ele tenta, e tenta muito, construir alguma coisa que faça sentido. Infelizmente não dá muito certo, e isso é uma pena.

 photo RozenMaidenIII-Kirakishou_zpscca47c7d.jpg

O clímax e o final do anime são muito polêmicos, ou você ama ou você odeia, eu simplesmente não consegui sentir um ou outro, só digo que conseguiu o que deu pra fazer, mas ficou muito longe do que era bom fazer.

A sensação que temos no final é uma mistura de satisfação, tristeza e frustração, as duas primeiras por ter terminado a série toda, e a frustração pelo final ainda ter deixado um monte de coisa sem explicação, jogado aos quatro ventos e deixando uma pontinha de continuação.

 photo RozenMaidenIII-JuneKirakishou_zpsa2bdf179.jpg

Não tenho idéia do que vai acontecer, mas em comparação com as demais temporadas só consigo recomendar a 3ª temporada de Rozen Maiden por puta experiência, porque ela por si mesma não vale a pena.

 

Só aqui, no Blog RM!

Grande Abraço!

Lucas M. Rodrigues, LMR, Co-Fundador e Rozen Maiden pode ir além de um Zatch Bell com bonecas.

-3ª Opening (Abertura): Baragoku Otome (Versão Anime) – Ali Project:

-3ª Ending (Encerramento): Utsusemi no Kage (Versão Anime) – Kukui:

Equipe da Publicação:

Autoria: Lucas M. Rodrigues.
Direção: Lucas M. Rodrigues.
Edição: Jeferson Capizani.
Revisão: Carlos A. Oyama.
Tradução: Julio I. Arrivabene.
Roteiro: Lucas M. Rodrigues
Diagramação: Jeferson Capizani.
Redação: Lucas M. Rodrigues e Jeferson Capizani.
Produção: Lucas M. Rodrigues, Carlos A. Oyama e Jeferson Capizani.
Publicidade: Daniela Duarte.
Colaboração: Julio I. Arrivabene.

One thought on “Resenha RM#30 – Rozen Maiden 3ª Temporada”

  1. Esse novo Rozen é muito bom, mas ainda prefiro o anime original. Tb gostei da Kirakishou, ficou muito sexy nessa nova versão.

    O final me frustrou um pouco tb, esperava uma história fechada e completa, não sei se vou ter saco pra ver a continuação.

    Já a resenha ficou legal mas essa tela de encerramento ai é do ova RM Overtüre.

    abrçs

Leave a Reply