Resenha RM#24 - Usagi Drop

Resenha RM#24 – Usagi Drop

RESENHA MORTIFERA!

Usagi Drop

(Usagi Doroppu – Anime)

Resenha RM#24 - Usagi Drop

-Autor: Yumi Unita.
-Diretor: Kanta Kamei.
-Editora Original: Feel Young, da Shodensha.
-Editora Brasileira: Sem.
-Estúdio: Production I.G.
-Exibição Original: 08 de Julho de 2011 – 16 de Setembro de 2011.
-Exibição Brasileira: Não exibido no Brasil.
-Emissora Original: Fuji Tv, Noitamina.
-Emissora Brasileira: Não tem.
-Temporadas: 1 Temporada.
-Arcos Abordados: Temporada completa.
-Episódios: 11.
-Duração: 24 Minutos.
-Gênero: Cotidiano, Drama, Comédia.
-Público Alvo: Seinen.

A vida que muda a outra

Yo! E aí jovens, de boa? Aqui é o Lucas e hoje trarei mais uma resenha completa pra vocês, hoje é dia de USAGI DROP NO RM!

Começamos com nosso protagonista, Daikichi Kawachi, um homem na faixa dos 30 anos, super trabalhador que recebe a triste notícia de que seu avô morreu. Mas não é só isso, a maior surpresa está esperando por ele. A família então decide ir para a casa de Daikichi para definir aquela papelada toda que a gente sabe que tem, e trazem algo bem mais trabalhoso  que um monte de papel: O avô de Daikichi havia deixado uma criança, uma menina de 6 anos chamada Rin.

 photo usagi-drop-02-57_zpsbb627ed3.jpg

O Enredo de Usagi Drop, jovens, é fácil e ao mesmo tempo difícil de definir… sim, é isso mesmo, não estou ficando louco (ou quase…). A história inteira gira em torno de Rin e os seus familiares, eu até imaginei que o assunto principal seria a disputa de Rin ou até o abandono dela, mas me enganei totalmente. O enredo é simples e incerto no começo mas logo engata e começa a nos mostrar a sua absurda facilidade em criar um anime envolvente e absolutamente carismático.

 photo usagi-drop-0909_zps6f6f594c.jpg

Usagi Drop não complica em nada pra ser sincero, e isso é bom, ele é tão limpo e sem complicações que você consegue prestar muita a atenção às menores coisas que acontecem e aproveitar cada momento com muito mais intensidade.

A narrativa é também muito simples, totalmente linear e continua assim até o final do anime. Esta combinação é ótima, você pode até sentir de vez em quando alguma lerdezazinha, mas cara, é impressionante como um anime que se sustenta puramente no cotidiano de pessoas comuns consegue ser tão engraçado, tão cativante e não te cansa em momento nenhum.

 photo UsagiDrop-03-Large13_zps65b22be4.jpg

Os personagens são o grande trunfo de Usagi Drop. Rin é uma garotinha de 6 anos que tem uma personalidade muito interessante, ela é traumatizada e tem muito medo da morte,  mas em momento nenhum nós a vemos depressiva ou algo do tipo, ela é inocente, mas sente angústias comuns a pessoas que passaram por momentos ruins.

Daikichi, o familiar que a adota é outro grande personagem, ele  representa a pessoa mais comum possível, com um trabalho chato, uma vida solitária, um cara sem muita coisa que apesar de já ter meia idade não sabe muito sobre o que seria viver.

 photo usagi-drop-rin-sick_zps53537910.jpg

Jovens, o choque dele com Rin é sensacional, e não é um choque negativo não, é que nenhum dos dois aprendeu a lidar com pessoas como o outro,  é impressionante o carisma que os dois têm juntos, eu posso estar dizendo groselha mas o desenvolvimento de personagem dos dois é sem igual. Os dois aprendem juntos a viver, e vemos o principal assunto que Usagi Drop tem: A família.

 photo oyatsu-usagi-drop-04-1280x720-x264-aac-7e7d36f322-41-45_zpsce327ff9.jpg

A amizade também tem um papel decisivo no anime, mas a família é o foco temático, e que gera a  grande beleza de Usagi Drop. Os menores momentos, os mais passageiros são os mais marcantes, os pequenos passos que cada um dos protagonistas dá aos poucos forma uma idéia de família, de companheirismo e de amor familiar muito forte. O anime coloca estes momentos e apesar de nenhum deles ser algo megafodamente espetacular as coisas ganham brilho, impacto e força, é como se o anime te fizesse entrar dentro dele e experimentar tudo de perto.

 photo usagi4-2_zps945ee374.jpg

A animação é muito simples e lembra muito um ambiente infantil, o que caiu como uma luva pro anime. As cores parecem ter sido feitas com lápis de cor ou giz de cera na maioria das cenas, ou algum tipo de aquarela que dá um efeito muito bonito e muito particular.

 photo vlcsnap-2011-07-22-21h48m30s27_zpsa934ed64.jpg

O traço é também bastante simples, incrivelmente limpo e sem exageros, aliás, ele também é diferente, dando muitas características únicas nos personagens e criando uma atmosfera muito agradável, amigável pra qualquer pessoa e inexplicavelmente nos dá uma sensação parecida com a que temos do próprio mundo, familiar mesmo – não é a toa que o anime é um ótimo cotidiano. A trilha sonora é muito bonita, suave, leve e indiscutivelmente te mete dentro do anime completamente.

 photo usagi-drop-04-large-02_zps8be08c7c.jpg

Voltando com outros personagens, a mãe de Rin, Masaoka é o total oposto de Daikichi, ela é totalmente devotada ao trabalho e representa a pessoa que tem dificuldades em aceitar mudanças e de lidar com elas.

Outros personagens também entram, um amigo de Rin, Kouki e sua mãe, são a nova fase, a nova mudança na vida de Daikichi e Rin que já passaram pela mudança de se conhecerem. É esta gradualidade levíssima e ao mesmo tempo intensa que provoca a nossa simpatia com o anime.

 photo usagi-drop-0506_zps7418119a.jpg

O clímax é bem legal, não é tão intenso assim até pelo anime ser um cotidiano, mas é um momento de tensão em que realmente sentimos que tudo aquilo que os personagens passaram é importante pra eles, e isso jovens, aumenta ainda mais o nosso apego.

Usagi Drop, jovens, é um excelente anime, sua simplicidade é cativante e a forma como o crescimento, o amadurecimento e a mudança em nossas vidas é tratada é muito envolvente.

 photo usagi-drop-1101_zpsde404f06.jpg

É sim um tanto idealista ou fantasioso, isso com certeza, mas Usagi Drop é a prova de que um anime de 11 episódios pode com muito talento tocar os corações de quem assiste. Recomendo muito pra qualquer pessoa, ainda mais pra quem valoriza ou já pensou em como seria a própria vida com familiar.

E não esqueçam jovens, é difícil eu sei, todos temos problemas, mas tente dentro do possível ser uma pessoa de bem, valorize sua família, e família não precisa ser de sangue, família é de coração e de companheirismo!

 

Só aqui, no Blog RM!

Grande Abraço!

Lucas M. Rodrigues, LMR, Co-Fundador e Usagi Drop é sensacional.

-Opening(Abertura): Sweet Drop (Versão Anime) – Puffy AmiYumi:

-Ending (Encerramento): High, High, High (Versão Piano): Kasarinchu:

 (As versões do Anime e Full foram tiradas do ar pelo Youtube).

Equipe da Publicação:

Autoria: Lucas M. Rodrigues.
Direção: Lucas M. Rodrigues.
Edição: Jeferson Capizani.
Revisão: Carlos A. Oyama.
Tradução: Julio I. Arrivabene.
Roteiro: Lucas M. Rodrigues
Diagramação: Jeferson Capizani.
Redação: Lucas M. Rodrigues e Jeferson Capizani.
Produção: Lucas M. Rodrigues, Carlos A. Oyama e Jeferson Capizani.
Publicidade: Daniela Duarte.
Colaboração: Julio I. Arrivabene.

Leave a Reply