Resenha RM#23 - Spice and Wolf

Resenha RM#23 – Spice And Wolf

RESENHA MORTIFERA!

Spice And Wolf

(Spice And Wolf – Anime 1ª Temporada)

 photo ResenhaRM23-SpiceandWolf_zps088881a9.jpg -Autor: Isuna Hasekura.

-Diretor: Takeo Takahashi.
-Editora Original: ASCII Media Works.
-Editora Brasileira: Sem.
-Estúdio: Imagin.
-Exibição Original: 09 de Janeiro de 2008 – 26 de Março de 2008.
-Exibição Brasileira: Não exibido no Brasil.
-Emissora Original:Chiba Tv, KBS, Tokyo MX, Tv Saitama.
-Emissora Brasileira: Não tem.
-Temporadas: 2 Temporadas.
-Arcos Abordados: Temporada completa.
-Episódios: 12. -Duração: 24 Minutos.
-Gênero: Fantasia, Romance, Aventura, Drama, Economia.
-Público Alvo: Seinen.

A Lobinha da sua vida Yo!

E aí jovens, de boa? Aqui é o Lucas e hoje trarei mais uma resenha completa pra vocês! Sabe aquele anime que você não esperava absolutamente nada mas que de um jeito muito forte te deixou com saudades? Jovens, trago pra vocês hoje aqui no RM o primeiríssimo anime deste tipo em nosso blog, confiram a 1ª temporada de SPICE AND WOLF! Numa belíssima noite, nosso protagonista mercador de uma era medieval, Craft Lawrence está prestes a sair da cidade onde havia acabado de fazer alguns negócios com peles. Jogando tudo em sua carroça ele começa a ajeitá-las, até que do meio dos seus panos e peles surge a criatura que mudaria a sua vida para sempre. Uma loba em forma humana. Seu nome é Horo, a Sábia.  photo spice_and_wolf_01_zps441a6990.jpg Spice and Wolf tem um enredo muito simples, nada nele é grandioso pra falar a verdade e o anime não demonstra interesse nenhum em criar uma grande saga, mostrar uma guerra e nem nada muito complicado. Todo o Spice and Wolf também é bem fácil de explicar, a narrativa é no geral bem devagar, a sensação que temos é que cada minuto parece durar 3, e isso acontece por mais de uma razão. A primeira é que o anime não tem nenhuma sequência muito frenética de ação, é muito, muito raro acontecer porradarias ou lutas de espadas. Segundo jovens, é que o anime sempre vai focar no relacionamento dos personagens principais e isso pode dar a impressão de que o negócio é chato.  photo spice-wolf-13_zps3bb4afb7.jpg Mas jovens, se vocês acham que o anime fica lerdo e sem graça, se enganam. O grande trunfo de Spice and Wolf são seus personagens, em especial os protagonistas Lawrence e Horo, que mais do quaisquer outros personagens principais que eu tenha visto até literalmente carregam tudo, tamanho é o carisma deles. Lawrence é um mercador gentil, sensato, experiente e que sempre  viveu sozinho, e Horo é simplesmente posso dizer, o coração do anime.  photo spice_and_wolf_ii_wolf_girl_40297_zpsbd49f575.jpg Seu carisma é imenso, sua personalidade é muito marcante – e seu corpitcho também claro – e ela representa um dos pontos mais particulares do anime, a idéia de lenda, a fantasia em si. Há muito tempo que eu não vi algo do tipo, Horo é a personificação de uma deusa da fertilidade da terra, daí até seu apelido de “Sábia”, mas o mais legal da personagem é que ela é muito humana, consegue ser chata, irritante e mandona, mas também gentil, sensível e otras cositas mais.  photo PreacuteviaRM23-SpiceandWolf2_zpsf8696adc.jpg O relacionamento de Lawrence e Horo é muito natural e evolui muito durante os episódios, apesar de estranharmos um pouco alguns aspectos, como por exemplo a facilidade do cara de aceitar uma loba-humana (!)  tudo se desenvolve muito bem e de maneira até bem convincente. Os demais personagens tem alguma importância sim durante o anime, principalmente Chloe e a “Pastora”, mas aparecem só de vez em quando.  photo 170701-spice_and_wolf___06___large_10_zpsba89a1a4.jpg Já que acompanhamos Lawrence numa jornada para levar Horo de volta pra casa, é normal vermos alguns acontecimentos no meio do caminho, estes acontecimentos formam “pedacinhos” do anime que são como mini-arcos, cada um deles geralmente cobrindo alguma treta de negócios de Lawrence ou onde os dois estão em perigo por alguma disputa de território, comércio ou até por dívida.  photo spiceandwolfnora_zpse0be3beb.jpg Aliás jovens este é um dos pontos mais diferentes do anime disparado, ele todo é cheio de lições de economia. É claro que você não vai poder ser um expert quando terminar, mas vemos algumas noções muito básicas de como funciona o comércio no anime já que acompanhamos aventuras de um mercador. Isso eu achei bem legal, mas diga-se de passagem pode cansar algumas pessoas com um monte de diálogos explicativos que podem parecer durar uma eternidade.  photo SpiceandWolf-06-Large14_zpsbf8584e5.jpg A animação de Spice and Wolf é bem bonita, os cenários e paisagens são bem detalhados . O design dos personagens é bastante simplista, sem exageros, o que ajuda a expressar os sentimentos e emoções com bastante facilidade. A trilha sonora é simplesmente sensacional, é de uma suavidade indescritível, a música de abertura e encerramento são muito bonitas e a própria trilha de fundo além de combinar bem com cada momento são no geral bem emotivas.  photo anime-spice-and-wolf-ii-00_zps14e5c0e0.jpg Spice and Wolf também trata de outros assuntos. A idéia de Horo ser “imortal” traz uma perspectiva bastante triste, sim, isso mesmo. Imagine você ver todas as pessoas que você ama morrerem enquanto você continua vivendo.  photo spicywolf_01_horo_zps50cbb840.jpg É jovens, a imortalidade também tem o lado ruim. Esta é uma das razões para o desenvolvimento do relacionamento entre ela e Lawrence, o choque deles é muito constante, e como Horo escolheu a solidão para evitar traumas ela começa a mudar completamente, e isso jovens é o que move a trama toda, abrindo conflitos entre os dois e muitas emoções internas de cada. A grande beleza de Spice and Wolf está nos sentimentos. Mas é claro, o anime também tem os seus probleminhas.  photo spice_and_wolf_screen_shot_by_djwolf11-d4qpcei_zps64d0e02d.jpg Além do que eu comentei antes sobre explicações de economia  muito longas Spice and Wolf tem um problema de clímax, que acontece exatamente na metade do anime, podendo atrapalhar o impacto pro final, mas garanto que não perde a graça.  photo Spice_Wolf_S2DVD-ext3_zps6be56436.jpg Alguns personagens que imaginávamos que seriam importantes somem sem mais nem menos e os mini-arcos podem trazer uma sensação muito incômoda de nada está indo para lugar algum. Eu acho essa crítica válida sim, mas tenham em mente que apesar de tudo jovens Spice and Wolf é um anime de cotidiano e romance envolvido em fantasia e uns pitacos de economia, e como também disse ele não tenta ser muito mais do que isso. O desfecho também não é nada de muito espetacular, e isso pode trazer uma certa decepção pra quem esperava demais, mas desde o começo Spice and Wolf nunca prometeu grandes reviravoltas ou nada que vá mudar o rumo da história.  photo SpiceandWolf-09-Large02_zpsecf7784f.jpg No mais jovens Spice and Wolf é um excelente anime, e ele causa uma sensação de saudade muito estranha, sério mesmo, é uma saudade de uma coisa que você nem pensava que fosse tanta coisa assim. Recomendo bastante a 1ª temporada,  bastante pra quem curte romance e fantasia, eu tenho certeza que vai ser uma experiência muito maneira. Mas assim, se você acha um saco esse tipo de coisa , de fantasia, romancezinho e talz, você pode até detestar mesmo, mas se dê a chance de assistir pelo menos um episódio, talvez você goste.

Aguardem a 2ª temporada de SPICE AND WOLF AQUI NO RM! Só aqui, no Blog RM! Grande Abraço! Lucas M. Rodrigues, LMR, Co-Fundador e ficou megafodamente surpreso com Spice and Wolf.

-Opening(Abertura): Tabi no Tochuu (Versão Anime) – Natsumi Kiyoura:

-Ending (Encerramento): Ringo Biyori (Versão Anime): Rocky Chack:

Equipe da Publicação:
Autoria: Lucas M. Rodrigues.
Direção: Lucas M. Rodrigues.
Edição: Jeferson Capizani.
Revisão: Carlos A. Oyama.
Tradução: Julio I. Arrivabene.
Roteiro: Lucas M. Rodrigues
Diagramação: Jeferson Capizani.
Redação: Lucas M. Rodrigues e Jeferson Capizani.
Produção: Lucas M. Rodrigues, Carlos A. Oyama e Jeferson Capizani. Publicidade: Daniela Duarte.
Colaboração: Julio I. Arrivabene.

2 thoughts on “Resenha RM#23 – Spice And Wolf”

  1. Achei o anime meio chatinho, não gostei muito não. Só a ost e o carisma da protagonista que salva mesmo.

    Nos mais ótima resenha, abrçs!

    1. Ah cara, eu compreendo as suas razões sim, o que mais cansa no anime é aquele papo sobre economia, que apesar de ser até interessante e diferente fica bem chato a maior parte do tempo. E é bem isso Ric, a Horo é literalmente a personificação de Spice and Wolf e na real, a gente assiste ao menos inicialmente e por boa parte do tempo, por causa dela mesmo huahua

      Continue acompanhando 0/ Abraços Ric!

Leave a Reply