10314726_649934811728896_3569634243900184857_n

Análise de Trilhas Sonoras – Kill La Kill (segunda parte)

RESENHA MORTÍFERA

KILL LA KILL

10314726_649934811728896_3569634243900184857_n

-Autor: Kazuki Nakashima.
-Diretor: Hiroyuki Imaishi.
-Editora Original: Kadokawa Shoten/Young Ace.
-Editora Brasileira: SEM.
-Estúdio: Trigger.
-Exibição Original: 03 de Outubro de 2013 – 27 de Março de 2014.
-Exibição Brasileira: Não exibido no Brasil.
-Emissora Original: MBS, TBS, CBC, ANIPLEX, Anime Limited.
-Emissora Brasileira: Não tem.
-Temporadas: 1 Temporada.
-Episódios: 24.
-Duração: 24 Minutos.
-Gênero: Ação, Aventura, Ecchi, Drama, Vida Escolar.
-Público Alvo: Shonen, Seinen.

Snapshot - 132

 

Um verdadeiro ecchi de luta

 Olá jovens! Nesta segunda parte da resenha de trilhas sonoras de Kill La Kill, sim aquele anime com garotas seminuas lutando, vai ser abordada uma das melhores aberturas desse anime, ou seja, a segunda abertura junto com o segundo encerramento. Mas será que alguma coisa muda mesmo? É isso que vamos ver, preparem seus uniformes supremos, bora pra resenha!

Snapshot - 128

A segunda abertura de kill La kill além de mais agressiva, gradualmente aumenta seu ritmo, tanto nas cenas como na música, mas bem diferente da primeira abertura, a segunda abertura contém cenas de luta que são bem encaixadas, algo que acrescenta muitos pontos e aumenta o impacto visual da animação. As cores no geral não são muito claras e tendem a cores escuras, oferecendo uma boa visão da abertura.

Snapshot - 130

O encerramento é bem mais claro, e a animação lembra um cenário mais infantil, dando destaque para a personagem Mako, esse encerramento segue o padrão de outros animes, dando um ar mais leve e emotivo no fim do episódio. O design usado é bem simplista e suave, a letra ainda remete a feminilidade das personagens, o que fortalece o ambiente criado no encerramento.

Snapshot - 135

Há uma clara melhora na segunda abertura em comparação com a primeira, tanto o encerramento quanto a abertura são bons no que se trata de um padrão mais ideal. O ritmo da música e animação são graduais e contribuem na ambientação, Kill La Kill mostra que apesar dos erros cometidos a priori, consegue manter um bom nível entre os shonens atuais.

Snapshot - 136

Obrigado por acessar o RM e até a próxima resenha!

-Opening 2 (Abertura): Garnidelia (Versão Anime) – Maria e Toku:

-Ending 2 (Encerramento): Shin Sekai Kokyogaku (Versão Anime\Episódio 23) – Sayonara Ponytail:

Carlos Akihito Oyama / CROW
4 de maio de 2014, SP, São Paulo

 

Equipe da publicação:

Autoria: Carlos Akihito Oyama..
Direção: Lucas M. Rodrigues.
Edição: Jeferson Capizani.
Revisão:Lucas Moraes Rodrigues.
Tradução: Julio I. Arrivabene.
Roteiro: Lucas M. Rodrigues
Diagramação: Jeferson Capizani.
Redação: Lucas M. Rodrigues e Jeferson Capizani.
Produção: Carlos Akihito Oyama.
Publicidade: Daniela Duarte.
Colaboração: Julio I. Arrivabene.

Leave a Reply