Chegou! Resenha RM#8 Deadman Wonderland!

Resenha RM#8 – Deadman Wonderland!

RESENHA MORTIFERA!

Deadman Wonderland!

(Deadman Wonderland – Anime – O País das Maravilhas dos Condenados)

Chegou! Resenha RM#8 Deadman Wonderland!

-Autor: Jinsei Kataoka e Kondou Kazuma.
-Diretor: Koichiro Hatsumi.
-Editora Original: Kadokawa Shoten.
-Editora Brasileira: Panini.
-Estúdio: Manglobe.
-Exibição Original: 11 de Abril de 2011 – 13 de Julho de 2011.
-Exibição Brasileira: Não exibido no Brasil.
-Emissora Original: Não tem especificada.
-Emissora Brasileira: Não tem.
-Temporadas: 1 Temporada e 1 OVA.
-Arcos Abordados: Temporada inteira.
-Episódios: 12.
-Duração: 24 Minutos.
-Gênero: Ação, Terror, Suspense, Sobrenatural, Ficção Científica, Drama, Fantasia.
-Público Alvo: Shonen, Seinen.

deadman0705

O Sangue que ferve pela vingança…

E a brisada de enredo sem noção

E aí jovens, de boa na lagoa? Aqui é o Lucas, e hoje é dia de mais uma resenha completa pra vocês. Hoje vamos tratar de um dos animes mais complicados de explicar, saca, aquele que você acha foda, mas acha ruinzinho, mas acha foda…ah, vocês sacaram. Forças na veia e sangue nos zóio, porque Hoje jovens É DEADMAN WONDERLAND AQUI NO RM!

Deadman Wonderland - 12 - Large 26
Você é um moleque que vive a sua vida normal, até que um dia um cara meio brisado de sobretudo vermelho chega na janela da sua sala de aula e toca o puteiro, fazendo picadinho dos seus jovens amigos. Como se não pudesse ficar mais estranho, você é condenado injustamente e sentenciado a prisão numa penitenciária que mais parece um circo de horrores, chamada de “Deadman Wonderland”, ou traduzido a grossíssimo modo como “País das Maravilhas dos Condenados”.

tumblr_lklmi6gbrj1qf6xt7
Quem passou por isso foi nosso protagonista, Igarashi Ganta. Ganta é um estudante tímido, acostumado a viver bem com seus amigos até o dia do acontecimento que marcou a sua vida para sempre. É a partir daí jovens, que o anime começa. O início é indiscutivelmente impactante, um clímax supermegafoda de daora que te faz se apegar muito rapidamente ao protagonista, ao mesmo tempo que a gente começa a ver como Deadman Wonderland funciona de maneira cruel e sem esperança. Uai, e aí, como é a bagaça? Ramo lá.

Yo_slashed_by_Makina

Deadman Wonderland tem um Enredo bastante… estranho. O anime tem acontecimentos muito importantes, mas que perdem muita dessa importância muito rápido, quase como sendo esquecidos. Além disso, os eventos são praticamente sem ligação alguma com o outro, deixando um monte de pequenos “buracos” que podem trazer uma sensação muito desagradável de que você está perdendo tempo ou não está entendendo caralhos nenhum. Esse problema acaba ficando maior por causa da Narrativa, que apesar do ritmo bom deixa a história aparentemente sem pé nem cabeça. Mas carma lá, não é só coisa ruim não. Na verdade jovens, Deadman Wonderland apesar da estranheza nesses aspectos tem uma temática impressionante, nada inovadora vai, mas que é muito boa e passada de uma maneira muito forte e impactante.

Deadman Wonderland - 12 - Large 08

 

O soco no estômago que a gente leva com as cenas iniciais do trauma de Ganta são geniais, e introduzem um protagonista merda, cheio de inseguranças, fraco, com complexo de inferioridade e completamente em choque. “Oshe, então ele é um bostão né Lucas? O que tem de bom nisso?”. Igarashi Ganta é o mais humano personagem do anime, com seus medos confrontados sempre com a sua vontade superação e sua humanidade posta à prova de maneira magistral dentro da loucura, insanidade e selvageria na prisão.

Deadman Wonderland - 03 - Large 18

 

Outros personagens, como Genkaku e Nagi, e a gatíssima Shiro (nem vem dizer que é “fofa” não ta, eu sei que você ficou só nas cenas Ecchi dela, safadenho) são também interessantes e constroem um amadurecimento que acompanhamos desde o começo com Ganta. O mais carismático disparado é sem duvida alguma, Senji. Ele é o cara que aceitou aquele mundo. Ele é o cara que escolheu aprender a viver naquele mundo, forçado a ser forte e amar a luta, e ele entra em choque constantemente com Ganta, forçando ele a se tornar sempre mais forte, mais persistente e corajoso.

senji

Antes que eu esqueça jovens, o universo de Deadman Wonderland também é muito bom e combina certinho com a temática e a idéia que o anime parece querer passar pra gente. Os “Deadmen” são prisioneiros que sofreram uma transformação que lhes tornou capaz de manipular o próprio sangue e usando-o como arma, habilidade chamada de “Nameless Worm”. Jovens, isso tornou TUDO, mais interessante. A prisão é o símbolo da loucura, de crueldade, a mesma que vemos todos dias nas ruas, agora mais clara do que nunca, e usar sangue como arma aumentou inacreditavelmente a percepção de violência do anime.

dm122
A animação é um ponto fortíssimo. É simplesmente linda. A ambientação é pesada mesmo, escura, sombria, com muito preto, e a animação usou isso da melhor maneira possível, fazendo com que não fosse só um anime de ação, mas uma ação que tivesse uma atmosfera de suspense e de terror, e diga-se de passagem, as vezes maneiramente claustrofóbica (até por se tratar de uma prisão). O traço é maravilhoso, simplesmente incrível e você não vai confundir com outro anime facilmente. A Trilha Sonora também é bem maneira, mega fucking envolvente e a abertura jovens, completamente viciante.

Nagi_past

Agora vem a parte difícil jovens. Deadman Wonderland é um anime que tinha a faca e o queijo na mão, mas meio que ficou manguando. O anime tem momentos épicos muito fodas, com ótimos clímax, personagens interessantes, um universo muito maneiro e trata de assuntos pesados de maneira muito clara e forte, além de ter um estilo incomparável.

Deadman-Wonderland-00122-650x365

Porém, ainda continua contando muito mal uma boa história, tem muitos problemas de causa e conseqüência e o mais grave de tudo: O final horroroso. Sim, horroroso jovens. A expectativa é uma armadilha, e você fica muito tenso esperando uma luta final super foda, e quando ela acontece, ou deveria acontecer, é mega rápida e o desfecho praticamente não acontece, deixando tudo completamente sem sentido. Jovens, o potencial do anime é muito grande, e quando você vê esse potencial não sendo usado a sensação é de muita putice.

Até a próxima jovens!

Se você curte um anime seinen com lutas shonen, um meio termo, você vai gostar bastante, e vai ficar muito marcado pelo estilo foda de Deadman Wonderland, mas não esqueça, ATENÇÃO COM O FINAL! Se você esperar coisa demais você vai quebrar a cara de verdade. Bom jovens, que houvesse mesmo uma 2ª temporada, porque o mangá inclusive já terminou. Vamos esperar pra ver quem sabe né?

Espero que tenham gostado da resenha, e não esqueçam dos 3 Cs, curtam, comentem e compartilhem!
Grande Abraço!

-Opening (Abertura): One Reason (Versão Anime) – Jon Rui, DWB feat.Fade :


-Ending (Encerramento): Shiny, Shiny (Versão Anime) – Nirgilis:

Assinatura de Autoria/ Alcunha: Lucas M. Rodrigues/LMR.
22 de Março de 2014, São Paulo, SP.

Equipe da Publicação:
Autoria: Lucas M. Rodrigues.
Direção: Lucas M. Rodrigues.
Edição: Jefferson Capizani.
Revisão: Carlos A. Oyama.
Tradução: Julio I. Arrivabene.
Roteiro: Lucas M. Rodrigues
Diagramação: Jefferson Capizani.
Redação: Lucas M. Rodrigues e Jefferson Capizani.
Produção: Lucas M. Rodrigues, Carlos A. Oyama e Jefferson Capizani.
Publicidade: Daniela Duarte.
Colaboração: Julio I. Arrivabene.

[contact-field label='Name' type='name' required='1'/][contact-field label='Email' type='email' required='1'/][contact-field label='Website' type='url'/][contact-

Leave a Reply